terça-feira, 12 de julho de 2016

Yokomo BD7 15

Não teve jeito tenho que procurar outra marca, a Corally já não tem mais peças e uma pancada feia pode me deixar à pé. Optei por pegar um usado, e de uma marca que ainda não tinha tido carro, desde 1997. A marca que eu escolhi foi a Yokomo.

A verdade é que eu procurava uma marca que tivesse facilidade de se encontrar peças lá fora, principalmente nas lojas mais comuns e e-bay. Atualmente 4 marcas tem este requisito: X-Ray, Yokomo, Tamiya e Associated. Serpent e ARC também tem alguma coisa, mas nada como as primeiras.

A estratégia sempre é pegar um usado, descascá-lo e deixa-lo como novo para poder testar e ver se a marca é boa. Pelo menos é isso que eu faço quando tenho que mudar de marca, foi assim na ultima vez que fiz isso em 2007, quando fui para a Corally. Outro fator é o preço altíssimo dos kits novos com a atual cotação do dólar.

Nos próximos dias vou publicar por aqui a remontagem completa, fiz revitalização de chassis e alumínios, limpeza completa de rolamentos e todas as outras peças, absolutamente tudo foi visto. A primeira impressão que fiquei do carro foi das melhores, é fácil de mexer demais. Na imagem acima ele já está remontado pronto para a instalação dos eletrônicos.