quinta-feira, 15 de janeiro de 2015

X-Ray T1/T1 Evo

O ano de 2004 foi muito importante para Juraj Hudy. Foi neste ano que ele lançou no mercado seu primeiro TC de ponta, o X-Ray T1. Como nunca falei muito deste modelo aqui no blog, resolvi fazer este post para mostrar para o pessoal como era a vida antes do T2...


Depois do T1 e T1 Evo veio o T1 Fk, que foi uma grande evolução. Mas vamos falar do T1. O modelo tinha muita qualidade na construção, o que se mantém até hoje na X-Ray, e ajudou no sucesso da marca, com certeza. Ele tinha o desenho tradicional, que fazia sucesso na época. A diferença era que o T1 tinha montantes e balanças de modelos a combustão, como nos Serpent da época. A versão Evo mudou isso trazendo os ainda hoje usados links com ball cups.

A tração era por correia dupla e as polias centrais eram elevadas por causa da posição do motor. Uma outra característica era a possibilidade de colocação de packs de baterias em ambos os lados do chassis, uma vez que não existiam modelos LIPO e a montagem de 3 células SUB-C de cada lado davam mais equilíbrio ao carro. O posicionamento das células podiam ter ajustes de avanço, algo que não existiu na época em nenhum outro modelo, pois o T1 contava com chassis com 12 PODs para células SUB-C.

Eu tive um destes carros comprado do pessoal lá de Curitiba, as fotos deste post são dele, mas é uma pena que não tenho as imagens dele montado com os links de carro a combustão, apenas é possível ver nas imagens as peças desmontadas.

Era um carro bastante bonito, ainda mais pela cor dos bulkheads, que poderiam ter esta cor até hoje, bem mais bonita que o laranja atual.