domingo, 27 de setembro de 2009

Voltinhas com o Vette

Neste sábado sobrou um tempinho para dar umas voltas com o CRC, no final da tarde. Ele estava com muitas modificações desde a última vez que eu o coloquei no chão. Para começar, a eletrônica, agora com um combo EZRn, além de pneus macios.


Com relação ao motor não senti mudança, afinal no espaço onde ando não há espaço para grandes acelerações. Na verdade este combo de 3 mil e alguma coisa KV para andar bem teve que andar com apenas 35 de potência no rádio (no DSX vai até 125). Mas vale à pena aproveitar e elogiar mais uma vez o kit, que apesar de “xingling”, é muito resistente e tem a potência necessária para muita diversão.

Além disso ainda tem aquele program card, que eu ainda não usei muito, mas é bastante prático. O que foi bom de ver, quer dizer de sentir, foram os novos pneus. Comprados na Stormer por U$$ 2,99, sim, U$$ 2,99 ajudaram muito a melhorar a guiada do carro. Os pisantes são da marca TRC, que eu nunca tinha usado, e são excelentes.

Os pancars, por terem uma guiada muito mais esportiva que os touring, tem mais sensibilidade às trocas de pneus, e pude ver isso, sentir na pele. No início o carro estava tão colado no chão que fazia curvas mais rápidas que os 4x4. Comecei andando com potência 30 no acelerador, e pude passar para 35, com os carro andando como um autorama, parecia que tinha trilhos embaixo dele. Com certeza este desempenho foi ajudado pela nova cambagem de 2 graus que eu coloquei no carro, mas 90% da melhora se deve aos “neumáticos”como dizem nossos hermanos.

Andei com a bolha do Vette mesmo, da Protoform, não gosto desta bolha, ainda prefiro o Genx 10 com bolha de turismo, acho que o carro foca mais na mão, mas só no cronômetro para ver se fica mais rápido, o que eu acho difícil que fique. Bom, espero em breve bater uns pegas com este chassis, queria ver ao lado de um 4x4 quem andaria melhor... não sei dizer, andei nos dois a ambos são muitos parecidos no “quintel”que eu ando, mas o pancar dá mais tesão.