domingo, 14 de dezembro de 2008

Montagem: CRC Gen x10

Sempre que começo uma montagem analiso a organização e o que o kit traz para ajudar nela. O CRC Genx10 vem com peças organizadas em saquinho e algumas chaves para a montagem.


O manual é bem feio, em comparação a outros de fabricantes maiores, mas é bem explicativo (1 e 2).

A primeira parte a ser montada é a base do POD de motor. Logo de cara é preciso fazer um corte nos usportes, que são universais, e como a CRC é um fabricante pequeno, não costuma produzir todas as peças de seus carros. O sistema de links do pod é muito mais interessante, e eficiente que os tradicionais modelos em com T-Bar. No centro a base do pod é presa com um parafuso e ball cups, nas duas extremidades com links fixos, em ball cups (3 e 4).

Os passos seguintes são, ainda na montagem do POD.Com a base presa e o pod montado, a fixação é muito simples e direta. Com o desenho bastante livre na parte superior o motor pode ser trocado sem nenhuma dificuldade e muito pouco trabalho. Basta tirar os 2 parafusos dele. (5 a 8).

O que eu achei mais legal neste carro foi o sistema de amortecimento dele. Como um pancar legítimo, pensei que fosse ver algo simples comom, mas me enganei. O carro conta com mini-molas nas laterais, e amortecedores à óleo diagonais ao chassis. Na hora da montagem eu pesei que isso não era muito funcional, mas depois, com o carro montado dá para ver a eficiência deste conjunto. O comportamento do carro é muito próximo à um modelo 4x4 (9 a 12).

Depois da parte traseira o chassis principal é montado, não há mistério nesta parte da montagem (13). O amortecedor é o mesmo utilizado no JRS-X da Team Losi. É mais uma das peças do carro que são de outros modelos (14).

Depois de montado o amortecedor central possuí várias regulagens, com sua base de multiplos furos. Ele é bem curto se comparado a amortecedores de outros modelos (15). Passo seguinte: montagem da suspensão dianteira. Neste momento é preciso um pouco mais de atenção para a montagem. Olhando parece que em um pancar a suspensão dianteira não tem nada de mais, porém, no Genx10 não é bem assim. A parte dianteira é muito complexa e conta com muitas peças, são pequenos detalhes que tem que ser vistos com atenção (16).

Ainda na parte dianteira, a base de colocação dos links de roda são cehias de regulagens que podem colocar o carro com mais ou menos bitola, inclusive é adaptável para bolhas de 235mm (17 e 18). A colocação do servo é simples e ele fica em uma peça separada do chassi, em fibra de carbono (19). A montagem do eixo traseiro é clássica de um pancar (20).

As bases para a colocação de baterias lipo e sub-c também são da Losi (21). Depois de cerca de 3 horas o chassi está todo montado. A qualidade de construção é muto boa, com peças em alumínio, aço e fibra de carbono. Ele tem tudo em polegadas e não em milímetros, por ser um caro de origem norte-americana. O chassis não vem com nenhum tipo de eletrônica e nem rodas/pneus e bolha, claro. A melhor parte deste carro é a hora de guiar. Ele tem aceleração fulminante e uma estabilidade que muitos 4x4 não tem. Um abraço e até a próxima ontagem de kit!